quinta-feira, 17 de abril de 2014

Eu estou saindo.

Postado por a bitch named giulia às 08:04 0 comentários
A postadora Giulia esta saindo do Codigo Secreto hoje 17/02/14 se quiser acompanha-la: Neve Parisiense

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Eles estão distantes... Por que??

Postado por a bitch named giulia às 06:40 0 comentários
Estou me sentindo tão sozinha... Por que?? Simples. As pessoas com quem eu ficava estão tão distantes... O Tony, ah Tony. Tudo o que eu mais queria no mundo era estar ao seu lado, com suas piadas sem graça que eramos forçados a rir. E a Talita. A Taita e eu somos melhores amigas des de a infância, já brigamos? Sim é claro. Mas sempre fazemos as pazes. Des de que esse tal número 17 chegou em nossas vidas, senti que a Talita mudou. Mas mudou mesmo, e mudou de um jeito que nem sei esplicar. Agora aqui estou eu. Largada igual as cartas velhas no fundo do baú. Em fim, nunca sonhei com isso, mas esse é o destino. As vezes ele nos pega de surpresa, mais do que eu imaginava.





quinta-feira, 20 de junho de 2013

Juntos.

Postado por Marih Fernandes às 18:37 0 comentários
(10) Tumblr
Acordei a poucos minutos.Vejo a loira estranha de olhos verdes me olhando como se esperasse que eu acordasse fazia muito tempo,e já estava de saco cheio.Peguei a mão de Tony e pedi pra ele me ajudar a levantar.Levantei.

-Talita,como eu ia dizendo...Vamos jogar.
-Não sei o que isso quer dizer,mas quero ir embora logo.
-Quer dizer que você vai ter que sair daqui viva,simples.

Ela saiu com ar de superioridade,gritei pedindo que voltasse mas ela foi adiante e depois sumiu no escuro.Dei a mão para Tony e avancei,decidida a descobrir o que teria que enfrentar e enfrentar de verdade e com coragem

Mais adiante eu fui vendo luzes e seguia elas,mas logo mais a frente elas sumiam.
Vi um cara.Com uma faca suja de sangue e com voz grave ele começou a falar calmamente.

-Talita e Tony,vou dizer com calma: matarei vocês.Por um simples motivo.Minha superior,Edith não quer testemunhas para contarem o que ela fez.
-E o que ela fez?
-Há,não vou dizer.ÓBVIO.

Ele largou a faca e passou a pontinha no meu braço,fazendo um corte longo mas nada fundo.Tony,com raiva daquilo tentou imediatamente tirar a faca da mão dele.Tentativa sem sucesso,Tony acabou suando e deitado no chão de modo que se o homem quisesse mata-lo,conseguiria.Comecei a correr gritando e berrando palavras feias.E arrastando Tony na minha cola.De mãos dadas,chegamos a uma porta onde estava a loira raivosa,a chefe do homem:Edith.

-Saia.Se tiver coragem,saia.Esta fácil,pode sair.

Pensei bem.Era uma armadilha,mas o que eu ia fazer?Corri com Tony e saimos na frente das Roda Gigante de Londres.Loucura,estranheza.Tony estava todo suado,lindo,e desesperado.

-Eu te amo.
-Eu também Tony,demais...




domingo, 2 de junho de 2013

Puro ódio e cabelos loiros.

Postado por Marih Fernandes às 16:42 0 comentários
Large
Não grite,não grite,não grit...Esqueci de tentar me convencer a não gritar,aquilo não iria funcionar.Gritei.Me subiu um alivio enorme,afinal eu esperava por isso fazia 1 hora e não recomendo segurar o grito quando se esta presa num elevador descendo para o andar onde você vai morrer para ninguém.Segurei a mãe de Tony,e percebi que nós dois estavamos encharcados de suor.

Nos últimos 3 meses as ameaças de morte para minha mãe haviam parado,sumido e evaporado e tudo estava tão normal que achamos estranho nas 2 primeiras semanas.Depois,tentamos a todo custo esquecer.Talita,como você é burra você esta pensando agora.Mas o que iriamos fazer a não ser ficarmos calados e esperar por alguma coisa nova e inesperada com um toque de medo?
Hoje eu havia recebido uma ligação de um numero desconhecido e a pessoa com voz rouca de mulher disse: 
"Não espere ninguém em sua casa hoje,as 19:00 num beco da Walts Street nº133.Apareça,entre no prédio e vá para o 17 andar.Não pense,só vá."

Me assustei ao perceber que estava viajando nos pensamentos e Tony me puxou e sussurou:
-Acha que podemos quebrar com o extintor essa portinha na parede?
-Temos escolha?

Me arrepiei,entramos num corredor escuro que dava para o 17 andar.Como eu sabia?Uma garota com casaco largo cinza,unhas pretas e cabelo curto loiros com olhos delineador com lápis preto.Olhos verdes.Parecidos com os meus,que eram azul quase verde.

-Bem vindos.Vamos jogar?

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Karol na Irlanda

Postado por Vitoria às 10:41 1 comentários
                   Tumblr_mg09tbu4uk1rvbg1jo1_500_large
Eu e Louis fomos passar o feriado na Irlanda na casa de seus pais.Eu realmente estava encantada com tudo aquilo,a Irlanda é linda.Tudo o que se via era verde,verde vida.Era perfeito! A casa dos pais de Louis era enorme,linda.Sua irmã ,mais nova,Jasminne parecia bastante com ele,seus pais eram jovens e simpáticos.A família era simples.Enfim,Louis me levou para conhecer Dublin,capital irlandesa,era linda.Saindo de casa as 17:00 eu percebi que a casa era de número 17 e a rua era 17,eu disse a Louis :
-Por quê não me disse que eu poderia me lembrar do 17 aqui na sua casa?

-Como assim ? - disse ele sem entender nada-.

- 17 Louis. Viagem ao Brasil no dia 17,primeira visão no dia 17,tudo dia 17.

-Karol,esqueça disso.Vamos logo ?

Ok,poderia ser implicância minha mas naquele exato momento me deu uma vontade enorme de pegar um avião e voltar para casa.Chegamos ao principal shopping da cidade.Fomos tomar ao IrlandBucks,uma cafeteria super famosa em toda Dublin a sua decoração era rustica,e bonita.Mais senti que coisas estranhas aconteceriam ali...

CONTINUA...   

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Me senti viva.Depois de muito tempo.

Postado por Marih Fernandes às 11:34 0 comentários
Tumblr_meiw6mnity1rw4yx7o1_500_large
Ah que linda,que linda...Talita estava tão linda que eu não poderia imaginar que seria ela.Sim,ela era perfeita mas como ela conseguiu ficar mais bonita?Haviam se passado 4 meses desde da minha "morte falsa" e de lá para cá eu mudei tanto.Meus cachos sumiram,meus ruivos cabelos agora são lisos,mudei meu visual radicalmente para ninguém me reconhecer,não funcionou.Somente 4 meses fora e vi que ele sentiam minha falta.Mas é claro que não fingi estar morta por isso,pra ver se sentiam minha falta e sim pra proteger meus amigos,e aquele maldito do J.Jenks mentiu descaradamente e agora ele voltou.Vamos recapitular e eu vou mostrar como eu encontrei Talita,Tony e Karol.

2 dias atrás...
Coloquei um cachecol e uma toca,mas depois tirei o cachecol pois senti calor.Saindo de casa dei de cara com uma linda e loira garota parecida com a Talita,e um cara muito atraente idêntico ao Tony.A "Talita 2" tava com uma cara de arrasada,e o "Tony 2" consolando-a.Não imaginei que eles fossem os reais Tony e Talita.Parei e pedi que me informassem a hora,eles tomaram um susto e reconheceram minha voz na hora.Talita quase gritou mas Tony tapou a boca dela.Arrastei eles para um barzinho e expliquei a história todo;J,Jenks me ameaçou dizendo que se eu não sumisse pra ele Tony e Talita iriam sumir do mapa,morrer.Talita abriu a boca mas não saia nada da boca dela.Assim que levantamos Talita gritou um estridente "Amiiiigaaa" e me abraçou,feliz por me ver mas triste porque J.Jenks voltou pra matar todos.

Um medo se espalhou por mim.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Postado por Marih Fernandes às 16:16 0 comentários

Tumblr_lwxdg22pt81r0yljao1_500_large

Não consegui acreditar quando abri a maldita caixa,o que era aquilo?Uma especie de ameaça pra eu me calar?Não ia fazer efeito,eu ia gritar ali mesmo se soubesse o que estava acontecendo.Abri os olhos e só via o perfeito rosto de Tony gritando palavras de consolo para me fazer acordar e funcionou:
-"Talita,sua louca.Me diz o que esta dentro desta caixa,por favor."
-"Uma ameaça"
"Como se não soubessemos,o que esta dentro desta droga de caixa?"
-"Uma foto,da minha mãe...Com {17 days} escrito com cortes em seu pulso."
-"O QUE?"
-"Isso mesmo,ai que dor...Me leva pra casa gente,vocês precisam saber o que eu pensei enquanto gritava e tinha minhas crises de medo no The Caftes"

E assim fizeram,me levaram pra o apart e eu expliquei que aquilo poderia muito bem ser uma bem feita montagem pra me fazer calar a boca e não contar a ninguém o que poderia vir a acontecer.Todos concordaram,porém O QUE VAMOS FAZER?Eu nunca iria deixar minha mãe sofrer daquele jeito,então peguei o caderno e folheei o que poderia salvar a vida dela.
"Nós somos capazes de fazer pior do que um simples corte de pulso na sua mãe querinha,fique alerta e siga MUITO BEM as ordens.Quero encontra-la SOZINHA de madrugada na Chapter Kineft ao leste,perto do Grande Pinheiro certo?Me verá logo que estiver chegando na árvore.Falei que nos veriamos em breve..."

-"Talita,tenha dó.Não vá,eu não sei se vou aguentar ver você indo de madrugada para uma floresta onde acontecem assassinatos toda noite...Se você for vou com você"

Mas eu nunca iria querer que o motivo de minha existência estivesse em perigo,vou fugir...Ou sei lá o que farei,mas preciso de uma solução.Tony em perigo,jamais.

CONTINUA...

 

Codigo Secreto Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos